Geral /

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017, 23h:00

A | A | A

Seplan realiza Workshop sobre Geotecnologia


Imagem de Capa

A Geotecnologia será debatida na terça-feira (23.05) na Secretaria de Planejamento de Mato Grosso (Seplan-MT). Um Workshop irá reunir especialistas para expor como utilizar ferramentas desta área em instrumentos de suporte à administração pública. Além de técnicos da Seplan, estarão presentes palestrantes da Secretaria de Meio Ambiente, do Exército Brasileiro, e representante do Estado do Paraná.

“Teremos palestras expondo como o poder público pode utilizar imagens de satélite, imagens aéreas, georreferenciamento, mapas, entre outros insumos para cumprir com o seu papel. Serão experiências que vamos compartilhar para avançar nesta área em nosso Estado”, destacou o secretário adjunto de Informações Socioeconômicas, Geográficas e de Indicadores da Seplan, Paulo Cézar Souza.

O workshop “Geotecnologia: instrumento de suporte à administração pública” terá início às 14h, e será realizado no auditório da Seplan-MT. As pessoas interessadas em participar devem encaminhar um e-mail para o endereço: si@seplan.mt.gov.br, com o assunto: Evento Geo. A equipe organizadora retornará ao contato. 

Palestras

Uma experiência de sucesso no Estado do Paraná será apresentada aos presentes, trata-se do ParanaCidade Interativo - Uma Ferramenta para Gestão e Planejamento. Já o Exército Brasileiro apresentará a palestra: Mapeamento Sistemático do Território Nacional: Visão geral e benefícios das parcerias do Exército Brasileiro com os Governos Estaduais. 

O evento ainda contará com palestras sobre a utilização da geotecnologia no monitoramento ambiental, Geocidades, serviços ofertados pelo Instituto de Terras de Mato Grosso na Escala 1:100.000 e serviços potenciais na escala 1:25.000, e um diagnóstico da situação da geotecnologia no Poder Executivo Estadual.



0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Voce gostaria que a MT-130 até Paranatinga fosse privatizada?
Sim
Não
Tanto faz