Economia /

Quinta-feira, 12 de Julho de 2018, 11h:37

A | A | A

Família reúne tradição e inovação no ramo da portaria à distância e fatura alto

Reunir tecnologia, profissionalismo e segurança com conforto e familiariadade. Parece um desafio e tanto – e realmente é –, mas é justamente...


Imagem de Capa

Reunir tecnologia, profissionalismo e segurança com conforto e familiariadade. Parece um desafio e tanto – e realmente é –, mas é justamente esse o segredo da Bravo Te, uma empresa de origem familiar que decidiu se reinventar em 2016 para transformar seu ramo de mercado ao englobar o conceito de portaria à distância aos seus serviços já prestados na área de zeladoria, atendimento, manutenção e limpeza para condomínios, indústrias, comércios e residências.

Leia também: Cansada de ficar "laranja", mineira cria franquia de bronzeamento artificial

Bravo Te já estava acostumada em fazer atendimento e manutenção predial quando, em 2016, entrou no ramo da portaria à distância e viu faturamento crescer rapidamente
Divulgação/Bravo Te
Bravo Te já estava acostumada em fazer atendimento e manutenção predial quando, em 2016, entrou no ramo da portaria à distância e viu faturamento crescer rapidamente

A história de transformação da Bravo Te, porém, começa muito antes. Quem vê a empresa faturar R$ 1,5 milhão por mês, empregar mais de 400 funcionários e contar com mais de 300 clientes apenas na cidade de São Paulo não imagina que a empresa começou como uma consultoria, passou por uma terceirizada de serviços para condomínios até se focar no ramo de segurança e adotar o modelo de portaria à distância . Tudo isso, porém, com um comando estritamente familiar.

"Minha mãe e meu tio tinham uma empresa de consultoria na década de 1990",  conta Fabiano Fernandes da Silva Sá, "até que em 2002 resolvemos mudar de foco e reinvestimos o capital para nos tornarmos uma empresa que presta serviços de zeladoria, limpeza e segurança patrimonial . Nessa ocasião, eu e um outro tio também nos tornamos sócios e batizamos a sociedade de Bravo Te."

Clique aqui e conheça todos os serviços oferecidos pela Bravo Te

Dessa maneira, familiar, a empresa seguiu se especializando e Fabiano não quis ficar para trás. "Comecei auxiliando na empresa, fazendo de tudo um pouco e resolvi buscar conhecimento na área. Cursei administração e depois fiz uma pós-graduação na área de segurança", conta o sócio de 36 anos a quem a história se mistura com a da própria empresa já que começou quando tinha só 20 anos de idade.

Inovação com portaria à distância

No caso da Bravo Te, no entanto, tanta transformação não aconteceu sem ter que enfrentar e superar muita resistência, sobretudo quando a empresa resolveu fazer sua última grande transformação: "em 2012, nós começamos a prestar serviços de segurança eletrônica e em 2015 acompanhamos a explosão dos serviços de portaria eletrônica. Nós até resistimos um pouco à mudança antes de percebermos que isso realmente valia a pena e começarmos a oferecer esses serviços para os nossos clientes em 2016", revela.

Convencidos internamente de que a novidade valia a pena, os sócios começaram a vender essa ideia para o mercado. As vantagens apresentadas eram várias: garantia de serviço 24h, atendimento profissional em no máximo três segundos e, ainda, redução dos custos em até 50% para os condomínios, mas a tecnologia, novamente, esbarraria numa cultura que presa pelo convencional.

Leia também: Amigos investem herança para abrir empresa de suplementos e faturam R$ 250 mi

"Nós sabemos que nosso serviço exige uma quebra de paradigmas. Ele muda a cultura dos condomínios. Na Europa, a maioria dos edifícios passa por uma autogestão dos próprios moradores, mas aqui no Brasil estamos muito acostumados a ter alguém para nos atender", afirma Fabiano revelando também que nem sempre essa resistência parte das pessoas mais velhas: "já estivemos em condomínios de pessoas de mais idade onde a aprovação foi imediata principalmente por conta do argumento da segurança enquanto em prédios de pessoas mais jovens houve bem mais resistência à adoção da tecnologia."

Para superar isso, no entanto, a Bravo Te conta com alguns trunfos. Fabiano conta orgulhoso que sua empresa é a única do mercado que oferece o sistema de "Portaria Total". Ele explica: "se houver algum problema no fornecimento de energia ou na própria conexão à internet, por também sermos uma empresa de prestação de serviços prediais, assumimos todos os custos e enviamos um profissional para fazer o trabalho de portaria presencialmente até que o problema seja solucionado, ou seja, o condomínio não precisa se preocupar com nada."

Além disso, a Bravo Te se orgulha de ter um processo rígido de seleção dos funcionários mesmo sabendo que a mão de obra está cada vez mais escassa. Um problema bom de se resolver, segundo o sócio: "hoje em dia os jovens têm mais ambição. Felizmente, eles estão tendo mais condições de sonhar alto, estudar mais, se profissionalizar, e não se contentam mais em ser faxineiro ou porteiro para o resto da vida o que até aumenta a necessidade de automatizarmos cada vez mais essas funções", ainda assim, "nosso nível de exigência para contratação é muito alto."

Fabiano conta que, mais do que telefonistas de call center, toda a equipe de cerca de 15 funcionários que se reveza em turnos para atender os 23 clientes que contrataram o serviço de portaria à distância da Bravo Te são "porteiros de verdade. Eles já trabalharam em portarias físicas e têm todo um conhecimento de atendimento ao público, tratamento de condôminos e noções de segurança, além de passarem por uma investigação social, com checagem das passagens em trabalhos anteriores e até de antecedentes criminais."

Dessa forma, a Bravo Te espera transmitir aos seus clientes a mesma sensação de segurança, conforto e proximidade que já estava acostumada a fazer com os 65 condomínios para quem presta serviços terceirizados de portaria, zeladoria, limpeza ou segurança, além de agregar mais praticidade e economia num serviço que já é marca da empresa que atua no mercado há mais de 15 anos e que mantém através dos seus sócios o lastro familiar.

Com essa receita, a empresa que já faturou mais de R$ 1,5 milhão por mês, em média, ao longo de 2017, espera continuar o caminho do crescimento (e da reinvenção) que traçou até aqui e expandir para novos mercados.

Leia também: Empresário conta como criatividade na infância ajudou em negócio com bicicletas

"Nosso objetivo é nos tornarmos referência no mercado de modo que, quando um consumidor pensar em serviços de zeladoria, portaria à distância ou presencial, limpeza ou segurança patrimonial de condomínios automaticamente lembre-se de nós", dessa forma, "em até um ano queremos estar prontos para expandir nossa área de atuação e sair da grande São Paulo para começar a atender também em outras cidades no interior do estado."

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.