Economia /

Quinta-feira, 18 de Abril de 2019, 23h:19

A | A | A

Avianca perderá mais 18 aviões depois da Páscoa

Divulgação/Avianca Brasil A devolução começará a ser feita pela Avianca a partir de segunda-feira (22) para minimizar o impacto sobre os clientes...


Imagem de Capa
avião da avianca
Divulgação/Avianca Brasil
A devolução começará a ser feita pela Avianca a partir de segunda-feira (22) para minimizar o impacto sobre os clientes

A partir da próxima semana a frota de aviões da Avianca Brasil, em recuperação judicial desde dezembro do ano passado, sofrerá um corte drástico. De acordo com comunicado da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a quarta companhia aéra do País devolverá "amigavelmente" 18 aeronaves para as empresas de leasing. Com isso, a aérea terá apenas oito aviões para suas operações diárias.

Leia também: Avianca cancela mais de 300 voos até sábado; veja a lista e saiba o que fazer

A Anac explica que a devolução começará a ser feita a partir de segunda-feira (22) para "minimizar" o impacto da medida sobre os passageiros.

"Recomenda-se que os passageiros fiquem atentos aos comunicados que a Avianca deve fazer sobre a situação do seu voo e, em caso de dúvida, busquem informações no site da companhia aérea ou contatem os seus canais de atendimento telefônico, eletrônico ou presencial", aconselha a Anac em nota divulgada no início da noite desta quinta-feira (18).

A Justiça de São Paulo marcou para o próximo dia 7 de maio o leilão de ativos da Avianca. A venda é fundamental para que a companhia levante recursos e comece a pagar suas dívidas, que somam cerca de R$ 3 bilhões. O problema é que se a empresa não tiver aviões para operar no início do próximo mês, o leilão deve ser cancelado.

Leia também: Governo espera arrecadar R$ 106 bilhões com megaleilão de petróleo

Alguns especialistas que acompanham de perto a situação da Avianca acreditam que a empresa deverá chegar ao leilão com ao menos quatro aeronaves. O presidente da companhia aérea Azul, John Rodgerson, disse em entrevista ao  Globo ser pouco provável que a concorrente consiga manter sua operação até o dia 7 de maio.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.