Economia /

Quarta-feira, 16 de Maio de 2018, 11h:38

A | A | A

Atividade econômica brasileira caiu 0,13% no trimestre, aponta 'prévia' do PIB

Agência Brasil ‘Prévia’ do PIB foi criada antecipar, por antecipação, a evoluação econômica; indicador oficial é calculado pelo IBGE A...


Imagem de Capa

Brasil Econômico

‘Prévia’ do PIB foi criada antecipar, por antecipação, a evoluação econômica; indicador oficial é calculado pelo IBGE
Agência Brasil
‘Prévia’ do PIB foi criada antecipar, por antecipação, a evoluação econômica; indicador oficial é calculado pelo IBGE

A atividade econômica brasileira obteve queda de 0,13% no primeiro trimestre deste ano frente aos últimos três meses de 2017. O resultado dessazonalizado, ou seja, ajustado para o período, faz parte do Índice de Atividade Econômica do Banco Central ( IBC-Br ), mais conhecido como ‘prévia’ do Produto Interno Bruto (PIB), publicado nesta quarta-feira (16).

Leia também: Inflação cai para 3,45% após três semanas de estabilidade, aponta Boletim Focus

Embora o resultado seja de queda no confronto entre os dois trimestres próximos, a marca da ‘prévia’ do PIB é de crescimento de 0,86% quando comparada ao mesmo período de 2017, sem ajuste para o período.

O balanço do Banco Central também apurou que, no acumulado de 12 meses encerrado em março, o indicador apresentou variação positiva de 1,05%.

Já na comparação entre março de 2017 e de 2018, a atividade econômica brasileira apresentou queda de 0,66%. A ‘prévia’ da soma de todas as riquezas do País também se mostra um tanto problemática no confronto mensal, uma vez que, o índice de março deste ano registrou retração de 0,74% frente a fevereiro.

Leia também: Fim da desigualdade salarial de gênero poderia elevar PIB em 3,3%, diz pesquisa

O IBC-Br é uma avaliação que o Banco Central faz sobre a atividade econômica do País para que a instituição tenha um parâmetro para auxiliar nas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic , que inclusive poderá ser reajustada nesta quarta-feira pelo Comitê de Política Monetária (Copom) para 6,25%.

A expectativa do mercado financeiro é que a taxa básica de juros seja mantida em 6,25% ao ano e que suba ao longo de 2019, fechando o período em 8% ao ano. Vale destacar que quando o BC opta por retrair o índice, a intenção é baratear o crédito, para que as empresas se sintam mais motivadas a produzir e as pessoas a consumir, reduzindo assim o controle sobre a inflação.

Leia também: Reforma trabalhista deve ser aplicada para todos contratos em vigor, diz governo

Índice de Atividade Econômica

A ‘prévia’ do PIB feita pelo BC incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

*Com informações da Agência Brasil

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.