noticias /

Sexta-feira, 21 de Abril de 2017, 04h:00

A | A | A

Garçom é condenado após cuspir na bebida de cliente e ser obrigado a passar por exame de DNA

Um garçom se declarou culpado de cuspir na bebida de um cliente após um teste...


Imagem de Capa

Um garçom se declarou culpado de cuspir na bebida de um cliente após um teste de DNA o condenar pelo ato.

Gregory Lamica, um ex-garçom de um restaurante nos EUA, cuspiu no refrigerante do cliente Kenneth Yerdon depois que ele reclamou de brócolis mal cozidos.

Yerdon, que estava jantando com sua esposa, pegou o refrigerante no final da refeição e bebeu um pouco, antes de leva-lo para casa.

Quando a tampa do copo de isopor se soltou, ele notou o ingrediente extra dentro do recipiente.


Garçom é condenado após cuspir na bebida de cliente e ser obrigado a fazer um exame de DNA

Gregory Lamica, um ex-garçom de um restaurante nos EUA, se declarou culpado de cuspir na bebida de um cliente após um teste de DNA o condenar pelo ato.

“Eu vi o cuspe no copo”, disse Yerdon.

Após usarem um cotonete para capturar a saliva da boca de Lamica, um teste de DNA comprovou que o garçom era culpado de uma acusação de conduta desordeira. Ele concordou em pagar uma multa de cerca de R$ 385.

O homem foi demitido de seu emprego no Chili, e Yerdon está entrando com um processo contra a cadeia de restaurante.

Fonte: Mirror

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Voce gostaria que a MT-130 até Paranatinga fosse privatizada?
Sim
Não
Tanto faz