Carros /

Quinta-feira, 12 de Julho de 2018, 12h:01

A | A | A

Volkswagen Kombi é encurtada e rouba a cena no trânsito. Assista ao vídeo

Antes que alguém esteja pensando que a matéria dessa semana se trata de uma daquelas montagens que vemos diariamente na internet, fique sossegado....


Imagem de Capa

Antes que alguém esteja pensando que a matéria dessa semana se trata de uma daquelas montagens que vemos diariamente na internet, fique sossegado. Não é. A simpática Volkswagen Kombi que mostramos hoje foi encurtada e chama a atenção pelas ruas e até mesmo parada é difícil ficar indiferente à sua presença.

LEIA MAIS:  Conheça a única Kombi T3 que roda no Brasil. Assista ao vídeo

Basicamente o projeto original partiu de um exemplar da Volkswagen Kombi de 1970 que passou por um processo de encurtamento de chassis e carroceria. O trabalho externo foi bem feito, já que não se nota detalhes da emenda e tampouco algum barulho mais estranho durante o “circuito” de testes, como você vai poder conferir no vídeo acima. 

A veterana recebeu uma customização bem legal, com destaque para a combinação de cores da carroceria, rodas da Empi e também o estofamento marrom. Outro acessório muito útil – no melhor estilo callook – é o para-brisa Safári, que pode ser todo aberto para auxiliar na ventilação.

Como o leitor que conhece Kombi deve imaginar, especialmente aquele que já guiou uma delas, a dirigibilidade da velha senhora da Volkswagen nunca foi um dos seus pontos fortes. Nos modelos mais antigos, como é o caso desse exemplar, a folga no volante é ainda mais sentida.

LEIA MAIS: Kombi faz 60 anos: relembre versões icônicas que já foram vendidas no Brasil

Mas não é apenas isso. Além da já citada folga no volante a combinação do entre-eixos curto (curtíssimo para dizer a verdade) e a altura que permaneceu original, é quase um convite para sair rolando pela rua, especialmente durante as frenagens. Portanto, vale a pena ter bastante cautela ao volante desse inusitado e chamativo exemplar da Kombi. 

O modelo foi o primeiro a ser fabricado na unidade de produção em São Bernardo do Campo (SP), em 1957, antes do Fusca, que começou a ser montado por lá dois anos depois. A Kombi começou a ser vendida no Brasil com motor 1.200 e logo se tornou um dos carros de maior sucesso no País, onde foi vendida por 56 anos. A última leva da Kombi fez parte de uma série limitada, a "Last Edition", feita até o final de 2013. Mas ainda é possível encontrar um ou outro exemplar zero quilômetro à venda em algumas lojas, hoje em dia. 

Cuidado nas curvas

Volkswagen Kombi: customização caprichada e um projeto minucioso para deixar o entre-eixos bem mais curto
Divulgação
Volkswagen Kombi: customização caprichada e um projeto minucioso para deixar o entre-eixos bem mais curto

O melhor conselho é evitar acelerações, frenagens e mudanças de trajetória bruscas que possam afetar diretamente sua estabilidade. Sem dúvida que não pensei em demonstrar isso na matéria, mas é fácil encontrar outros vídeos com a peruinha empinando pela rua.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma que vai produzir a nova geração da Kombi

De qualquer forma a proposta desse mini-clássico, com o perdão do trocadilho, é divertir. Por essa razão vale a pena sair com essa versão encurtada da Volkswagen Kombi e m um dia de sol para curtir o dia e aproveitar o passeio. Ah, e responder a um questionário a cada esquina. Até a próxima semana.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.