CIDADE /

Quinta-feira, 04 de Abril de 2019, 09h:58

A | A | A

Campo Verde está entre os municípios que devem ficar em alerta com a chuva

A previsão é de chuva também para os próximos dias com temperatura variando entre 35º e 18º, devido a umidade vindo do Amazonas.


Imagem de Capa
Paulo Pietro

Chuva forte causa período de atenção em 88 municípios de Mato Grosso.  Em apenas 2 dias choveu no Estado o equivalente ao previsto para o mês, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). O estado de alerta, que atinge mais de 60% do território mato-grossense além de algumas cidades do Amazonas, Rondônia e Mato Grosso do Sul, foi emitido pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).

 

Na área em questão ocorrem pancadas de chuva que, localmente, serão de forte intensidade, acompanhadas de descargas elétricas, ocasionais rajadas de vento e, volumes expressivos de precipitação de forma pontual. O climatologista Rodrigo Marques explica que as chuvas no início de abril são causadas pela formação de um anticiclone (a cerca de 10km de altura) que está atuando em todo o Mato Grosso.

 

“Isso é resultado da ascensão do ar quente e úmido que ao atingir as camadas mais altas se resfria e causa muita chuva”. O que é intensificado pela umidade que vem sendo transportada da região da Amazônia para o Centro Oeste, através dos Jatos de Baixos Níveis”.

 

Conforme ele, o período chuvoso se estende entre abril e outubro. “Já é esperada chuvas intensas nessa época do ano”. No entanto, ele revela que em apenas dois dias choveu o equivalente a um mês. No primeiro e terceiro dia de abril somaram 80 milímetros de chuva.

 

A previsão é de chuva também para os próximos dias com temperatura variando entre 35º e 18º, devido a umidade vindo do Amazonas.  Para o sábado (6) a expectativa é de um tempo mais frio, causado por ventos vindo do Uruguai.

 

Lista dos municípios

 

Acorizal, Alta Floresta, Alto Paraguai, Apiacás, Araputanga, Arenápolis, Aripuanã, Barão de Melgaço, Barra do Bugres, Brasnorte, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Campos de Júlio, Campo Verde, Castanheira, Chapada dos Guimarães, Colniza, Comodoro, Conquista D’Oeste, Cotriguaçu, Cuiabá, Curvelândia, Denise, Diamantino, Dom Aquino, Feliz Natal, Figueirópolis D’Oeste, Glória D’Oeste, Indiavaí, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Itiquira, Jaciara, Jangada, Jauru, Juara, Juína, Juruena, Juscimeira, Lambari D’Oeste, Lucas do Rio Verde, Mirassol D’Oeste, Nobres, Nortelândia, Nossa Senhora do Livramento, Nova Bandeirantes, Nova Brasilândia, Nova Canaã do Norte, Nova Lacerda, Nova Marilândia, Nova Maringá, Nova Monte Verde, Nova Mutum, Nova Olímpia, Nova Ubiratã, Novo Horizonte do Norte, Paranaíta, Pedra Preta, Poconé, Pontes e Lacerda, Porto dos Gaúchos, Porto Esperidião, Porto Estrela, Poxoréo, Primavera do Leste, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Rondonópolis, Rosário Oeste, Salto do Céu, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, Santo Afonso, Santo Antônio do Leverger, São José do Povo, São José do Rio Claro, São José dos Quatro Marcos, São Pedro da Cipa, Sapezal, Sinop, Sorriso, Tabaporã, Tangará da Serra, Tapurah, Vale de São Domingos, Várzea Grande, Vera e Vila Bela da Santíssima Trindade.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Júlia e Rafaela lançam EP ao vivo e anunciam websérie

Dupla adolescente, formada por gêmeas de 17 anos, vai laçar uma música inédita a cada episódio

Inmet prevê dia mais frio do ano entre quinta e sexta-feira

População já pode tirar os casacos do armário, pois o friozinho está chegando.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.