ONESTO COSTA E FÉ EM PRIMAVERA /

Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2016, 19h:11

A | A | A

Vida de Padre Onesto: uma história de amor ao próximo

Onesto Costa foi o primeiro pároco de Primavera do Leste


Driely Pinotti

A história de um município pode ser contada de diversas formas seja pela evolução, economia ou crescimento populacional. Mas nesta reportagem vamos falar sobre um personagem pioneiro e que contribuiu para a história de Primavera do Leste. É impossível falar deste município e não mencionar Padre Onesto Costa. Das manifestações de amor ao próximo à participação integral em 30 obras para fins religiosos e promoção social. Após oito anos da morte, o sacerdote é lembrado pelos primaverenses como exemplo de bondade e honestidade. Ao andar pelas ruas é possível ver as homenagens, sejam nos desenhos artísticos em viaduto, ou nome de rua e bairro. 

dVJbóu

 

Padre Onesto Costa nasceu no dia 13 de julho de 1924, na cidade de Fornovo di Taro, na Província de Parma, Itália. Foi Professor de religião no Instituto Técnico para Geômetros Camilo Rondani, em Parma, e neste tempo procurou conhecer muito sobre Engenharia Civil, como autodidata, lia muitos livros e buscava esclarecimentos junto aos professores desta escola.

O sacerdote saiu da Itália rumo ao Brasil no dia 03 de julho de 1979. Veio no navio chamado Eugênio Costa numa viagem de 11 dias. Chegou ao Porto de Santos no dia 14 de julho e foi para Londrina, no Paraná. Ali ficou apenas alguns dias na casa dos Padres Xaverianos e depois foi para Jussara, em Goiás.  Atuou na Igreja de Goiás, depois em Poxoréu e posteriormente em Primavera do Leste, sempre a serviço da vida e da esperança.

No início de 1980, veio para a Diocese de Guiratinga, na Paróquia de Poxoréu, sendo designado para trabalhar na pequena comunidade emergente então denominado Entroncamento das Sete Placas, hoje município de Primavera do Leste.

Quando o Padre Onesto chegou a Primavera, em 1980, ele tinha 56 anos. Atendia às comunidades da zona urbana e também das fazendas. Dedicou dezoito anos de sua vida a serviço da Evangelização nesta terra. Para desenvolver seu trabalho, contava com uma bicicleta e depois para percorrer as longas distâncias do interior, adquiriu um Fiat 147.

Teve participação integral em 30 obras e em mais 100 casas populares em vários bairros.

Sua primeira preocupação foi a evangelização e por isso em cada novo pequeno bairro que surgia imediatamente reservava um terreno e construía um lugar para celebrar e reunir a comunidade.

As primeiras gerações de Primavera do Leste receberam de suas mãos o Batismo, a Eucaristia, o Matrimônio e toda a assistência religiosa.

Foi através dele que foram criados e se mantém projetos e entidades filantrópicas que trabalham em prol das famílias menos favorecidas, de modo especial crianças com o apoio dos doadores italianos através da Cáritas de Parma.

No ano de 1998, ele retornou à Itália e assumiu mais uma Paróquia (Corniglio), na qual trabalhou até dezembro de 2005.

Em agosto de 2006, Deus presenteou novamente Primavera do Leste com o retorno do Padre Onesto Costa que passou a residir em uma pequena casa dentro do Centro Esportivo Parma, cuidando diariamente da natureza, plantando, regando, cultivando os jardins e zelando da vida das crianças. Ali recebia amigos e conhecidos. Por quase dois anos podia ainda concelebrar junto com os demais sacerdotes e abençoar as pessoas que o procuravam.

Progressivamente o mal de Parkinson foi tirando seus movimentos, mas não o brilho do seu olhar e a serenidade de espírito que crescia sempre mais.

Padre Onesto Costa faleceu em 28 de dezembro de 2008, na sua casa cercado dos amigos mais próximos e pelas Irmãs Ursulinas CJA, que cuidaram dele nos últimos três anos.

Foi sepultado na Igreja Matriz da Paróquia São Cristóvão, a primeira igreja construída por ele com o estilo da Paróquia de Neviano Rossi, onde foi batizado na Itália. Esta Igreja traz também traços de outras onde ele trabalhou na Itália, talvez este fosse o seu jeito carinhoso de unir a terra natal e a da missão. Seu túmulo é constantemente visitado pelos amigos.

Após a sua morte, sempre no dia 28 de cada mês, os amigos rezam o rosário na gruta em frente da sua casa por ele e pedindo a sua intercessão pelas famílias e pela Igreja.

voufaefdw

 

A construção da Paróquia São Cristóvão foi em 20 de julho de 1983, criada pelo Decreto feito e assinado por Dom Camilo Faresin. A Igreja traz também traços de outras Igrejas onde ele trabalhou na Itália. Padre Onesto que já estava em Primavera foi o primeiro e único pároco até 07 de fevereiro de 1998, dia em que os Freis Capuchinhos assumiram o compromisso com a Diocese de conduzir o trabalho paroquial. Padre Onesto permaneceu como vigário paroquial, morando no Centro Esportivo Parma, até 04 de agosto de 1998, quando retornou à Itália.

REALIZAÇÃO DE UM ANSEIO

Com a morte de sua mãe Maria Dallafiora Costa (18.07.1976) e em seguida do pai, Ercolino Costa (29.04.1977), Padre Onesto deixou florescer o antigo desejo manifestado quando era seminarista, de ser missionário em terras distantes. Solicitou ao bispo Dom Pasini, a possibilidade de deixar San Pancrazio e dedicar-se somente ao Centro Missionário enquanto se preparava para seguir em missão ao Brasil.

ENTREVISTA INAUGURAÇÃO DO CENTRO ESPORTIVO PARMA

“Depois de 20 anos acho que, se por acaso não voltar, deixo só amigos. Tenho amigos que colaboraram mais, outros menos; tenho amigos que tinham as mesmas ideias na religião, outros com ideias diferentes, mas isto nunca foi um problema para se respeitar e colaborar, me parece que este é o primeiro motivo porque Primavera verdadeiramente fez uma caminhada grande em pouco tempo. Gostaria que isto pudesse continuar assim. ” 

HOMENAGENS

fbúfro´DHFUB

 

 

Nos últimos meses, suas forças foram ficando debilitadas, mas nunca perdeu a capacidade de se alegrar com pequenas coisas, de sorrir largamente ao ver os amigos, especialmente, os primeiros amigos. Suas mãos trêmulas nunca cessaram de abençoar de modo especial as crianças, quanto menores mais as amava.

Afirmava sempre que estava feliz em estar de volta ao Brasil, a Primavera do Leste. Amava muito a Itália e fazia questão de defender sua bandeira, especialmente, ao falar das montanhas, mas sentia-se feliz aqui.

Este é o Vigário de Primavera que ao lado de grandes e fiéis amigos reescreveu páginas do Evangelho e nos deixa o testemunho da fé e da solidariedade.

Seu encontro com os seus amados pais e com o Pai do céu foi no dia 28 de dezembro de 2008, às 04h35min, domingo da Sagrada Família de Nazaré, em sua casa no Centro Esportivo Parma em Primavera do Leste.

Uma das formas que a comunidade encontrou de demonstrar gratidão foi a construção do Memorial para guardar todos os seus objetos pessoais, exposição de fotos, documentos e artigos que retratam a sua trajetória, no espaço construído dentro do Centro Esportivo Parma, na Rua Padre Onesto Costa, 16, no Bairro Pioneiro.

DEPOIMENTO

“Gostaria de acrescentar apenas o que sempre falamos aos alunos do Projeto Parma Vida, do Projeto Santa Úrsula e a todas as pessoas que continuam sendo beneficiadas pelas obras e serviços que o Padre Onesto aqui implantou: Sejamos agradecidos! Deus concedeu para Primavera do Leste o grande dom deste sacerdote que veio para evangelizar, para fortalecer a fé do seu povo e o fez considerando a dignidade que Deus quis para cada pessoa, por isso ele foi uma expressão viva de fé e solidariedade. Conhecer a história do Padre Onesto Costa nos motiva e nos interpela a vivermos a nossa fé cristã com o compromisso de deixar marcas de amor e solidariedade por onde passamos. Nossas obras de caridade, de compromisso com o bem estar de todos sejam a nossa mais bela homenagem a ele e nossa forma de demonstrarmos gratidão a Deus.” (Ir. Iradi Canan - Ursulina CJA - Coordenadora do Projeto Parma Vida e Projeto Santa Úrsula)

TÍTULOS RECEBIDOS

Apesar de não sentir-se á vontade com homenagens e títulos, recebeu vários deles em consideração ao seu trabalho generoso em favor da igreja e da sociedade.

Na Itália

MEDALHO D´ARGENTO – Premio Anziani Del Cinema  - 03 de dezembro de 1975 – Título conferido por” ASSOCIAZIONE GENERALE ITALIANA DELLO SPETTACOLO e ASSOCIAZIONE CATTOLICA ESERCENTI CINEMA. ( Ministério do Turismo e do Spetáculo)

L´onorificenza di CAVALIERE - Roma, 02 de junho 1977

No Brasil

“Cidadão Honorário” -  Decreto Legislativo no. 004 de 1989 - 15 de agosto 1989. Titulo conferido pela Câmara Municipal de PVA do Leste

 “Diretor Executivo de Patrimônio” - Da primeira Diretoria do Conselho Municipal de Segurança Pública, fundado no dia 13.07.1998. (Certificado de 31.07.1998)

“Rua Padre Onesto Costa” - Lei n. 516 de 27.11.1998 - Prefeitura Mun. de Primavera do Leste

“Cidadão Mato Grossense”  - Resolução 54 de 01.12.1999 - AssemblEia Legislativa do Estado do Mato Grosso

“Rua Amigos de Parma”  - Lei n.618 de 05.06.2000 - Prefeitura Municipal de Primavera do Leste

“Criação da Escola Municipal Maria Dallafiora Costa” - Decreto n. 630 de 23.01.2001 - Prefeitura Municipal de Primavera do Leste.

“Criação da Escola de Educação Infantil Ercolino Costa” - Decreto 697 de 30.08.2002 - Prefeitura Municipal de Primavera do Leste.

“Praça da Matriz Padre Onesto Costa” - Lei 985 de 03.05.2007 - Prefeitura Municipal de Primavera do Leste.

“Decreto Luto Oficial” - Decreto 1030 de 29.12.2008 - Prefeitura Municipal de Primavera do Leste.

“Moção de Pesar” - Moção n. 002 de 2009 -  Câmara Mun. de Primavera do Leste

(Estas informações foram retiradas do Livro “Caríssimos Avanti, Trajetória de vida do Padre Onesto Costa”, escrito por uma equipe de amigos como homenagem póstuma. Publicado em 2011 )

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!