Segunda-feira, 02 de Novembro de 2015, 17h:02

A | A | A

Cuidando da ansiedade (parte 4) - Relaxamento

O relaxamento dá segurança e paz interior, além de descansar e reequilibrar todos os órgãos do nosso corpo.


Imagem de Capa
Sérgio Antonio Costenaro

 

            Relaxamento é exatamente o oposto de ansiedade. Não é possível estarmos relaxados e, ao mesmo tempo, ansiosos.  Vivemos num mundo ancioso e acelerado e se não prestarmos atenção, somos levados por esta correria diária. Ter consciência disso e simplesmente frear já é um grande passo que podemos dar. Você já aprendeu a fazer a respiração diafragmática, o próximo passo agora é o relaxamento.

 

            O Relaxamento é um momento dedicado exclusivamente a você, uma oportunidade pessoal de descanso profundo que proporciona recuperação física e equilíbrio emocional. Com um relaxamento profundo a mente é conduzida ao estado alpha, que se caracteriza por ondas cerebrais de menor frequência e maior potência. O relaxamento consciente também prepara o corpo para o sono quando estamos agitados, permitindo um sono de boa qualidade, de forma que o inconsciente resolva seus conflitos subjacentes pelos sonhos e facilite a regeneração psicossomática. Depois de um bom relaxamento, o sistema nervoso se acalma, as reações emocionais se equilibram e a mente se tranquiliza.

 

            Relaxar é um treinamento de desapego, entrega, descontração, liberação do controle sobre o corpo. O relaxamento é uma habilidade que se adquire com a prática, portanto é necessário praticar assiduamente e quanto mais o fizer mais aprenderá a relaxar e mais profundo será o relaxamento.

 

Para relaxar é importante:

    • Escolha, para praticar o relaxamento, um momento em que não tenha pressa nem esteja preocupado pelo que tem que fazer depois, ao menos nas sessões iniciais.

    • Dedique entre 15 e 20 minutos a praticá-la.

    • Procure um lugar tranquilo aonde ninguém o possa incomodar e isolado onde nada o possa incomodar e isolado de ruídos, luzes e outros estímulos que o possam distrair ou incomodar.

    • Desligue o celular.  

    • Utilize roupas confortáveis que não façam nenhuma pressão.

    • Coloque-se numa postura cômoda (a melhor é deitado com os braços estendidos, paralelos ao seu tronco e com as mãos viradas para baixo)  e abstraia-se de todos os seus problemas centrando-se no relaxamento.

    • Feche os olhos para se concentrar mais depressa.

    • Coloque uma música suave.

    • Pratique cada sessão durante vários dias seguidos (preferencialmente uma semana) antes de passar a seguinte.  

 

            Existem vários tipos de relaxamento. Basicamente, feche os olhos e concentre-se na sua respiração e vai perceber que, aos poucos, todo o seu corpo vai desacelerando. Coloque a sua atenção em cada parte do seu corpo, sinta o grau de tensão existente e relaxe totalmente. Você pode começar pela cabeça indo até os seus pés. Toda a vez que a sua mente divagar, traga-a de volta para o seu corpo.

            À medida que você praticar o relaxamento vai perceber que o seu dia a dia será muito mais calmo e você terá muito mais controle sobre a ansiedade. Suas atitudes serão mais serenas e saberá lidar com as situações estressentes sem se deixar afetar por elas. Para aqueles que tiverem interesse estou disponibilizando um relaxamento completo. Solicite gratuitamente o seu pelo email: sergio.psi@hotmail.com.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!