SAÚDE /

Sexta-feira, 24 de Julho de 2015, 09h:42

A | A | A

Transtorno bipolar é a doença do século

Caracterizado por picos de euforia e depressão, com períodos de normalidade


Elaine Sampaio

O transtorno bipolar é uma doença que apresenta mudança de humor. A pessoa apresenta picos de euforia e depressão, com períodos de normalidade.

De acordo com a psicóloga clínica de Primavera do Leste, Fabiane Nicolau Bressan, o transtorno bipolar pode acometer de adolescentes a adultos. É um tipo de sofrimento psíquico que pode estar em grau médio e elevado de gravidade. 

“As pessoas com este transtorno apresentam uma autoestima inflada de grandiosidade, variam muito de humor rapidamente, de um extremo ao outro.  A sua necessidade de sono é menor, apresentam episódios depressivos claros ou mesmo agressivos.  Existe também uma necessidade desse indivíduo em se envolver excessivamente em atividades dolorosas, como fazer muitas compras e comportamento sexual demasiado, entre outros. O tratamento através de medicamento psiquiátrico se faz necessário, como também acompanhamento psicológico, para o paciente e a família. Cabe aos familiares e amigos  ter muita compreensão, paciência e estudar sobre o caso para tomar as melhores atitudes”.

MORTALIDADE ELEVADA DOS PORTADORES

Segundo informações da Associação Brasileira de Transtorno Bipolar, a mortalidade dos portadores de TB é elevada e o suicídio é a causa mais frequente de morte, principalmente entre os jovens. Estima-se que até 50% dos portadores tentem o suicídio ao menos uma vez em suas vidas e 15% efetivamente cometem. Também doenças clínicas como obesidade, diabetes, e problemas cardiovasculares são mais frequentes entre portadores de Transtorno Bipolar do que na população geral. A associação com a dependência de álcool e drogas não apenas é comum (41% de dependência de álcool e 12% de dependência de alguma droga ilícita), como agrava o curso e o prognóstico do TB, piora a adesão ao tratamento e aumenta em duas vezes o risco de suicídio.

Dados da Organização Mundial de Saúde, ainda na década de 1990, evidenciaram que o TB foi a sexta maior causa de incapacitação no mundo. Estimativas indicam que um portador que desenvolve os sintomas da doença aos 20 anos de idade, por exemplo, pode perder 9 anos de vida e 14 anos de produtividade profissional, se não tratado adequadamente.

O PERÍODO QUE SEGUIA A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL FOI A ERA DA ANSIEDADE

As pessoas procuravam os médicos em busca de remédios para tratar da ansiedade provocada pelas pressões da vida moderna. Nos anos de 1980 e 1990 foram à era da depressão, e os laboratórios farmacêuticos faturaram fortunas com a venda de antidepressivos. Hoje, no século XXI, o distúrbio mental da moda é a bipolaridade.

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!